Aproximadamente 71% da superfície terrestre está coberta por água, seja pelos oceanos (água salgada), seja por rios e lagos (água doce), gerando assim um gigantesco bioma aquático. Em outras palavras, há um enorme campo de estudo para investigar tudo o que acontece nessas áreas, tanto no aspecto biológico quanto acerca de questões geográficas. Estamos falando da Oceanografia.

Este curso, ainda pouco conhecido no Brasil, é uma graduação oferecida por diversas universidades públicas do país, e praticamente todas elas têm ingresso a partir da realização do Enem, e posteriormente a aplicação da nota no Sistema de Seleção Unificada — SISU.

Mas, você já sabe de fato o que é Oceanografia e como é essa graduação? Acompanhe este artigo e saiba tudo!

O que é Oceanografia?

Oceanografia é a ciência encarregada de estudar todos os aspectos acerca de oceanos, mares, lagos, rios e quaisquer outras regiões banhadas por água. Com isso, essa ciência engloba conceitos de física, geografia e principalmente de biologia, já que nessas regiões existem diversos biomas aquáticos.

O que faz um profissional da Oceanografia?

Vale destacar ainda que o profissional oceanógrafo está apto para realizar as seguintes tarefas:

  • desenvolver pesquisas sobre a fauna e flora aquática;
  • coletar e interpretar dados e informações sobre as condições (biológicas, físicas e químicas) dos mares e oceanos;
  • examinar a qualidade/composição (pH, turbidez, nível de oxigênio etc.) da água;
  • estudar metodologias para a exploração de recursos naturais com o menor impacto ambiental possível;
  • realizar estudos sobre impactos ambientais após a ocorrência de catástrofes.

Curso de Oceanografia

Também conhecida como Oceanologia, esse curso é elaborado para que o estudante conclua a graduação em 5 anos (ou 10 semestres letivos). Já em relação ao perfil das matérias, essa área exige bons conhecimentos em biologia, geologia, física e geografia.

Ao contrário do que muitos pensam, o curso de Oceanografia também cobra de seus estudantes disciplinas que envolvem matemática aplicada (principalmente em cálculos envolvendo equações químicas), isto é, é uma área bastante diversificada e que é preciso ter domínio multidisciplinar para se dar bem na profissão.

Oceanografia: faculdade

Atualmente, existem 12 universidades no Brasil que oferecem esse curso para os vestibulandos, são elas:

  • Universidade Federal do Espírito Santo — UFES;
  • Universidade Federal da Bahia — UFBA;
  • Universidade Federal de Pernambuco — UFPE;
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro — UERJ;
  • Universidade Federal do Maranhão — UFMA;
  • Universidade Federal do Pará — UFPA;
  • Universidade do Vale do Itajaí — UNIVALI;
  • Centro Universitário Monte Serrat — UNIMONTE;
  • Universidade de São Paulo — USP;
  • Universidade Federal do Paraná — UFPR;
  • Universidade Federal do Ceará — UFC;
  • Universidade Federal de Santa Catarina — UFSC.

Oceanografia USP

Criado em 2001, o curso de Oceanografia na USP sem dúvida é uma das referências no país quando o assunto é ciência aplicada em regiões aquáticas. Contudo, cabe ressaltar que essa área da USP não começou a ser estudada somente em 2001, pois desde a década de 1970 a Universidade de São Paulo já oferecia cursos de pós-graduação.

Ofertando 40 vagas por ano, essa graduação ocorre no período diurno, sendo 28 vagas destinas ao vestibular da FUVEST e 12 vagas voltadas para o ingresso via Enem/SISU.

Oceanografia UFSC

Já o curso de Oceanografia na UFSC foi inaugurado em 2008, disponibilizando 30 vagas por ano aos vestibulandos.

A grande vantagem desse curso nessa instituição é que por se tratar de uma região de praia (Florianópolis), os estudantes têm a oportunidade de desfrutar de diversas aulas laboratoriais na costa litorânea, o que eleva a qualidade do curso e ajuda na hora de colocar em prática toda a carga teórica vista em sala de aula.

Eligis - teste vocacional e profissional

Oceanografia: nota de corte

Confira agora quais foram as notas de corte de Oceanografia no Enem no ano de 2019 (considerando a ampla concorrência):

  • Universidade Federal Do Maranhão: 656 pontos;
  • Universidade Federal De Pernambuco: 664 pontos;
  • Universidade Federal Da Bahia: 681 pontos;
  • Universidade Federal Do Ceará: 681 pontos;
  • Universidade Federal Do Paraná: 702 pontos;
  • Universidade Federal Do Espírito Santo: 715 pontos;
  • Universidade Federal De Santa Catarina: 733 pontos;
  • Universidade De São Paulo: 769 pontos.

Oceanografia: grade curricular

Veja abaixo algumas disciplinas que integram a grade curricular do curso de Oceanografia:

  • Biologia Vegetal;
  • Biologia Molecular;
  • Introdução ao Estudo dos Oceanos;
  • Calculo I;
  • Probabilidade e Estatística I;
  • Química I;
  • Introdução à Oceanografia Química;
  • Introdução à Oceanografia Física;
  • Fitoplâncton;
  • Fundamentos de Oceanografia Física Dinâmica;
  • Comunidades Bentônicas;
  • Sedimentação Marinha;
  • Oceanografia Física Costeira e Estuarina;
  • Poluição em Ambientes Aquáticos;
  • Conservação de Ecossistemas Costeiros e Marinhos;
  • Processos Oceanográficos;
  • Morfologia e Processos Costeiros. 

Mercado de trabalho

O ramo da Oceanografia que mais emprega profissionais se relaciona com os estudos voltados para impactos causados ao meio ambiente.

Desse modo, quem se forma nesse curso pode atuar em empresas privadas que precisam de licença ambiental para a extração de recursos naturais, estatais, como a Petrobras e Ibama, e até mesmo seguir uma carreira acadêmica, atuando assim como professor/pesquisador em laboratórios e instituições de ensino (tanto para universidades quanto para escolas técnicas).

Oceanografia: salário

moedas oceanografia

Em relação à remuneração, o profissional recém formado nessa área recebe em média R$ 3,000.00. Já aqueles que têm mais experiência e que atuam em grandes empresas podem receber um salário de até R$ 8,000.00.

Sendo assim, agora que você já sabe o que é Oceanografia, quais universidades oferecem esse curso e as oportunidades que o mercado de trabalho disponibilizam para essa área, fica mais simples de saber se esse curso é compatível com o seu perfil de estudante ou de profissional.

Cabe ressaltar ainda que para quem deseja ingressar nessa graduação, bons conhecimentos em biologia e geografia são indispensáveis, já que grande parte da grade curricular desse curso cobra importantes conceitos dessas matérias.

Gostou de saber mais sobre o curso de Oceanografia,mas ainda está com dúvidas sobre qual curso fazer? Confira então tudo em nosso guia sobre teste vocacional!

Você pode gostar também