Diante de tantas possibilidades de carreira nas variadas áreas de conhecimento, optar por uma graduação pode ser um desafio muito grande para muitos estudantes que estão concluindo o Ensino Médio. Muitas vezes, porém, eles já têm uma noção do caminho a ser escolhido, deixando clara sua aptidão para exatas e Engenharia desde o colégio. Então, qual escolher?

Pensando nisso, vamos falar sobre o que é Engenharia Mecânica, a faculdade, as disciplinas aprendidas, mercado de trabalho, além de apresentar algumas características do profissional desse segmento.

Ficou curioso e quer conferir as informações que trouxemos aqui sobre o curso de Engenharia Mecânica para ajudá-lo a descobrir se essa é a escolha certa para o seu futuro de sucesso? Então, continue conosco!

O que é Engenharia Mecânica?

É o ramo da engenharia que se responsabiliza pelo projeto, desenvolvimento e manutenção de sistemas mecânicos. Dessa forma, o engenheiro mecânico projeta e faz a supervisão dos equipamentos e das máquinas que vão ser destinadas para a indústria e também para o uso pessoal.

É importante destacar que a Engenharia Mecânica é, sem dúvidas, uma das áreas de engenharia mais antigas da história. Desde os primórdios da humanidade, o ser humano cria instrumentos e ferramentas para aumentar a capacidade das pessoas e tornar a vida muito mais simples. 

Mas é importante saber que foi com a Revolução Industrial e com o advento da máquina a vapor que a Engenharia Mecânica foi realmente oficializada, tudo isso acontecendo em 1847. Desde então, os avanços conquistados alcançaram proporções incríveis.

Se você olhar com bastante atenção, é possível ver a presença dessa área da engenharia em todos os aspectos da vida moderna, como geladeiras, carros, tubulações, aviões, usinas de geração de energia e aparelhos de ar condicionado, por exemplo.

Curso de Engenharia Mecânica 

O curso de Engenharia Mecânica tem como objetivo formar profissionais para atuar em muitas indústrias, como a aeronáutica, de automóveis e naval. O engenheiro mecânico também pode fazer parte de empresas do setor de consultoria de projetos industriais e de energia, podendo estar, ainda, em universidades e centros de pesquisa.

O curso de Engenharia Mecânica tem uma duração de 5 anos. Como toda engenharia, nos dois anos iniciais, o estudante tem as matérias de introdução, como cálculo e álgebra.

A partir do terceiro ano, normalmente começam as matérias mais específicas da área. De acordo com o MEC (Ministério da Educação), os temas que o aluno aprenderá no curso de Engenharia Mecânica são:

  • mecânica dos sólidos;
  • eletricidade aplicada;
  • mecânica dos fluidos;
  • manutenção mecânica;
  • projetos mecânicos;
  • ciência dos materiais;
  • sistemas térmicos e termodinâmica;
  • metrologia;
  • ensaios mecânicos;
  • máquinas de fluxo;
  • transferência de calor;
  • tecnologia mecânica;
  • processos de fabricação;
  • gestão da produção;
  • hidráulica e pneumática;
  • vibrações e acústica;
  • ética e meio ambiente;
  • matemática;
  • química;
  • física;
  • ergonomia e segurança do trabalho.

Para se formar, o estudante de Engenharia Mecânica precisa de estágio supervisionado e de apresentar um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).

O que faz o engenheiro mecânico?

A Engenharia Mecânica é o ramo da engenharia que vai cuidar do projeto, da análise, da construção, da operação e da manutenção de sistemas mecânicos. São profissionais que projetam e desenvolvem motores, máquinas, veículos e sistemas termodinâmicos para todo tipo de indústria.

O campo de atuação da Engenharia Mecânica é extremamente vasto. Além de projetar e desenvolver sistemas e máquinas, o profissional também pode liderar equipes de produção e manutenção, atuar em pesquisa de tecnologias de ponta, projetar usinas e fábricas e atuar no controle de qualidade, por exemplo.

Desde o ar-condicionado das residências até aviões de caça, passando pela indústria automobilística e pela exploração de petróleo, essa área da engenharia é essencial para o desenvolvimento econômico do país.

Eligis - teste vocacional e profissional

Faculdades de Engenharia Mecânica

Durante os cinco anos de faculdade, o aluno vai ter a oportunidade de aprender sobre conhecimentos específicos da área e noções básicas de engenharia. É durante a graduação, também, que o estudante vai desenvolver noções de pensamento estratégico e planejamento, assim como conhecimentos ligados a gestão.

É importante deixar claro que, para que o diploma tenha validade oficial e para que seja possível exercer regularmente a profissão de engenheiro mecânico, é importante escolher uma faculdade que seja reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação).

Separamos uma seleção com algumas instituições bem avaliadas e reconhecidas pelo MEC que oferecem o curso de Engenharia Mecânica:

  • Universidade de Brasília (UnB);
  • Universidade Estadual de Campinas (Unicamp);
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);
  • Universidade Federal de Uberlândia (UFU);
  • Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA);
  • Universidade de São Paulo (USP).

Engenharia Mecânica EAD 

Há a opção de curso de Engenharia Mecânica EAD, que é recomendado para as pessoas que querem maior autonomia e flexibilidade durante osestudos. Nessa modalidade, o estudante vai ter acesso a uma plataforma virtual de aprendizagem e a todos os materiais pela internet.

Engenharia Mecânica: salário 

A Engenharia Mecânica é uma profissão totalmente regulamentada. A Lei 4.950/A, de 22 de abril de 1966, determina critérios para a remuneração e para a jornada para todos os profissionais de Engenharia, Agronomia e Arquitetura.

Sendo assim, os engenheiros mecânicos têm um salário mínimo profissional determinado por lei, válido em todo o Brasil. Tal salário está vinculado ao salário mínimo vigente, variando conforme a jornada diária detrabalho:

  • jornada de 6 horas: em torno de 6 salários mínimos;
  • jornada de 7 horas: aproximadamente 7,25 salários mínimos;
  • jornada de 8 horas: em torno de 8,5 salários mínimos.

No Brasil, o salário médio nacional desse profissional é de R$ 6.189. O menor salário oferecido é de R$ 4.000, enquanto os maiores salários para esses profissionais giram em torno de R$ 9.270.

Estágio em Engenharia Mecânica 

Para se formar no curso, geralmente, é preciso fazer um estágio supervisionado. Afinal, o estágio é uma excelente oportunidade para o aluno se familiarizar com o ambiente de trabalho, além, é claro, de poder estabelecer um networking.

As atividades do estágio, na maioria das vezes, são:

  • verificação de cálculos;
  • suporte aos profissionais que já atuam na área;
  • organização de arquivos;
  • desenvolvimento de novos fornecedores de peças e materiais;
  • apoio à área de compras técnicas;
  • acompanhamento dos projetos que estão em execução;
  • acompanhamento dos técnicos no desenvolvimento de suas atividades.

Mercado de trabalho 

Com uma formação ampla, o profissional de Engenharia Mecânica é requisitado por indústrias de diversos setores. A aeronáutica e a automobilística são as mais tradicionais, mas a recente crise econômica acabou reduzindo a demanda nesses segmentos, fazendo com que fosse absorvido por setores distintos. Um deles é o de vendas em fabricantes de equipamentos mecânicos e máquinas em geral.

Os conhecimentos técnicos que o bacharel tem podem ser agregados à área comercial, o que acaba impulsionando as vendas. Sua bagagem em cálculos e em matemática também o torna apto a atuar no setor financeiro. Sem contar, ainda, que o engenheiro mecânico é necessário em outros setores, como o de energia.

Quer saber mais sobre possíveis carreiras em engenharia para você? Então, saiba mais sobre o curso de Engenharia Industrial!

Você pode gostar também