Engenharia Civil é um curso verdadeiramente desafiador. A graduação forma profissionais capazes de transformar sonhos em realidade. Além de criar e executar projetos que ainda não existem, os engenheiros também são aptos a modificar empreendimentos para que se adaptem às necessidades de cada local e cada cliente.

Esses profissionais resolvem problemas, criam soluções e descobrem novas possibilidades para projetos que não estão funcionando de forma adequada. O engenheiro civil deve ter em mente que é fundamental inovar no processo de criar e executar, além de estar ligado nos novos materiais e nas novas tecnologias que surgem todos os dias no mercado.

Quer saber mais sobre essa carreira? Continue a leitura e confira!

Engenharia Civil: o que faz?

Basicamente, o engenheiro civil faz planejamento e gestão de obras e fiscaliza grandes projetos de construção, incluindo edifícios, estradas, túneis, aeroportos, pontes, barragens e sistemas de tratamento de esgoto e abastecimento de água.

Esse profissional é capaz de interpretar agentes externos, como chuva, solo, vento, entre outros, para projetar a melhor estrutura possível e gerar projetos funcionais e seguros para toda a população.

Engenharia Civil: curso

Em geral, o curso de Engenharia Civil é do tipo bacharelado e tem duração de cinco anos, nos quais o aluno estuda matérias importantes para a carreira. Por ter diversas opções de áreas de atuação, cada instituição de ensino adota uma ênfase diferente.

Esse destaque em certa área funciona como uma espécie de especialização, com isso, a faculdade prioriza o ensino daquelas habilidades na formação dos profissionais. Os mais populares são: mobilidade, estruturas metálicas, ambiental e civil, estrutura, transporte e fundações, aeronáutica, empresarial, portuária e produção civil.

Engenharia Civil: salário

De acordo com o site Salario.com.br, um engenheiro civil que atua no mercado de trabalho brasileiro recebe, em média, R$ 7.715,20 para uma jornada de trabalho de 41 horas semanais. O teto salarial é de R$ 11.659,44 para profissionais com carteira assinada em regime CLT. Os valores podem variar de acordo com a região e a experiência do profissional.

Engenharia Civil: estágio

O estágio é realizado ainda na faculdade e é uma ótima oportunidade de adquirir experiência profissional, aplicar os conhecimentos na prática e conhecer o dia a dia das empresas. Em geral, ele pode ser feito a partir do quarto ano de curso.

Os cursos de Engenharia Civil têm estágio obrigatório, que nem sempre é remunerado. Nessa etapa, a carga horária de disciplinas é menor. Isso dá a chance de conhecer profissionais experientes e entender a importância de assumir responsabilidades corporativas, mesmo antes de receber o diploma.

Faculdades de Engenharia Civil

engenheiro civil

Existem diversas faculdades públicas e privadas que oferecem o curso de Engenharia Civil. De acordo com o Ranking Universitário Folha 2018, as cinco melhores universidades que ofertam a graduação são:

  • Universidade de São Paulo (USP);
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);
  • Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP);
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Nota de corte

O curso de Engenharia Civil é muito concorrido e apresenta notas de corte elevadas em algumas instituições. Em alguns casos, o valor chega a mais de 800 pontos no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Por isso, o ideal é pesquisar a nota de corte na faculdade que você pretende estudar.

Grade curricular

Nos anos iniciais, as disciplinas têm formação sólida em Física e Matemática. Elas são fundamentais, pois são a base do conhecimento do engenheiro civil e ajudam no raciocínio lógico usado na profissão.

A partir do terceiro ano, o aluno passa a estudar conteúdos relacionados com a parte mais profissional, aprendendo segmentos específicos da carreira. Nesse período também começam as matérias referentes à gestão e administração do trabalho.

O curso também envolve muita prática. É essencial materializar as teorias estudadas por meio de experimentos em laboratórios. Toda boa faculdade de Engenharia Civil deve ter infraestrutura adequada, resultando na formação de um profissional completo.

Engenharia Civil EAD

O curso de Engenharia Civil EAD é reconhecido pelo Ministério da Educação. Na educação a distância, os professores preparam materiais de apoio e atividades, e gravam suas aulas em vídeo. Tudo isso fica disponível em um Ambiente Virtual de Aprendizagem, que os alunos podem acessar pela internet no momento e local que quiserem.

Além de estudar online, é possível interagir com professores, tutores e colegas de turma. No entanto, a faculdade de Engenharia Civil não é totalmente virtual. Por ser um curso que precisa de aulas práticas, o aluno deve realizar algumas atividades presenciais, como:

  • práticas de laboratório;
  • avaliações;
  • seminários;
  • apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso.

É importante escolher uma faculdade com polo perto da sua casa, pois essas atividades são realizadas neles. Dessa forma, é possível aproveitar as vantagens do ensino a distância, como economia de tempo, flexibilidade de horário e ausência de deslocamentos diários.

Pós-graduação em Engenharia Civil

A pós-graduação em Engenharia Civil é uma excelente oportunidade de aprofundar os conhecimentos em determinada área, focar em assuntos específicos e aumentar suas habilidades e competências. O engenheiro civil que opta por se especializar abre um leque de oportunidades e vantagens competitivas.

Com isso, a carreira é valorizada, as chances de empregabilidade aumentam e é possível trabalhar em cargos mais elevados, o que resulta em remunerações mais atraentes. Entre as especializações mais comuns, estão:

  • Construção Urbana;
  • Geotecnia;
  • Infraestrutura e Transporte;
  • Cálculo Estrutural;
  • Saneamento;
  • Hidráulica;
  • Segurança do Trabalho.

No entanto, quem prefere atuar com pesquisa e descobrir novas soluções no ramo da engenharia pode fazer mestrado e doutorado. Ao escolher essa opção, é possível aprofundar em um tema de estudo e, inclusive, ser professor em uma universidade.

Mercado de trabalho

Engenharia Civil é uma área que apresenta um amplo mercado de trabalho, com boas oportunidades de emprego. Embora geralmente existam diversos empreendimentos nos quais os engenheiros civis possam trabalhar, a demanda varia de acordo com a situação econômica na qual o país se encontra.

Conforme a economia se desenvolve, as chances de novos investimentos no setor da construção civil aumentam. Além disso, existem diferentes variações dentro da profissão e o mercado está em constante atualização.

Além da construção civil, o engenheiro pode encontrar oportunidades também nas áreas de:

  • Hidráulica e Recursos Hídricos;
  • Infraestrutura e Transporte;
  • Estruturas e Fundações;
  • Saneamento;
  • Gerência de Recursos.

A Engenharia Civil é um curso com muitas possibilidades e, cada vez mais, as empresas procuram profissionais completos. Isso significa que além de fazer uma boa faculdade e ter conhecimentos técnicos, é importante que o engenheiro tenha habilidades de relacionamento, como saber se comunicar e trabalhar em equipe.

Gostou do assunto, mas ainda está na dúvida? Então, não deixe de complementar a leitura e confira 5 dicas para ajudar na escolha do seu curso. Assim, você saberá qual curso fazer!

Você pode gostar também