Em algum momento você já parou para pensar sobre como vai estar sua vida profissional daqui a 10, 20 ou 30 anos? Caso tenha feito essa reflexão, saiba que já deu seus primeiros passos para criar um plano de carreira. Se ainda não o fez, está na hora de começar a pensar no assunto.

Agora, você deve estar se perguntando: afinal, o que é plano de carreira? Tranquilize-se, pois você vai entender tudo sobre ele neste texto!

Há dois tipos de plano de carreira: o que as empresas oferecem aos seus funcionários e o que você desenvolve para si mesmo. Enquanto o primeiro está cada vez mais raro, o segundo tem se tornado fundamental para uma vida profissional de sucesso.

Continue acompanhando o texto, veja o que é e saiba como criar seu plano de carreira para ampliar ainda mais as suas perspectivas profissionais! Boa leitura!

O que é plano de carreira? 

O plano de carreira funciona como um verdadeiro guia que vai contribuir para o sucesso e para a ascensão profissional do colaborador no ambiente de trabalho. É preciso deixar claro que esse plano de desenvolvimento profissional pode ser criado tanto pelo colaborador quanto pela empresa.

Ao traçar o plano de carreira, o funcionário precisa ter algumas informações que mostrem claramente a situação profissional em que ele se encontra.

Dessa forma, é possível traçar e identificar os seus objetivos profissionais, além, é claro, de ter formas para definir quais passos vão ser necessários para alcançar o desenvolvimento de carreira de modo satisfatório e pleno.

Com base em todas essas informações e com as metas profissionais bem definidas, o colaborador vai saber qual caminho trilhar e o que terá que fazer para atingir seus objetivos.

Como montar seu plano de carreira?

Não é uma tarefa fácil fazer um bom plano de carreira, afinal, trata-se de um planejamento de impacto significativo na sua vida. O passo inicial é lembrar-se do objetivo do plano: criar a rota para que você possa alcançar seus objetivos profissionais, ou seja, servir de bússola para trilhar o caminho que tanto deseja.

Para tanto, é importante seguir alguns passos.

como montar um plano de carreira?
  • Mapeamento pessoal: nesse primeiro passo, você tem que identificar quais são os seus interesses, valores, medos e motivações, ou seja, tudo que move você no âmbito pessoal.
  • Mapeamento de competências: aqui é importante elaborar uma lista com todas as habilidades gerais e técnicas que você desenvolveu, especificando em quais você se julga superior aos outros. Você pode se fazer as seguintes perguntas: o que você faz de diferente? O exatamente diferencia você no seu grupo?
  • Mapeamento do mercado: esse é um item fundamental para relacionar cargo, função e área do seu interesse, e quais vão ser as competências e os requisitos necessários para atingir essa posição. Diante dessas informações, as perguntas são: quais são os problemas nessa jornada? De que forma você pode driblá-los a tempo para que consiga acelerar sua jornada?
  • Plano de ação: é o momento de definir seus objetivos por escrito e os prazos para atingi-los. Nessa hora, você tem que usar todos os dados dos mapeamentos para traçar um planejamento fatídico, viável e objetivo. Como você vai chegar lá?

Esses passos que citamos são essenciais para que você crie seu plano de carreira de forma adequada. Para aprimorar todo esse planejamento, listamos algumas dicas infalíveis. Confira a seguir!

Defina seus objetivos

Você precisa saber onde deseja chegar antes de determinar o caminho a ser seguido, certo? Por isso, antes de qualquer coisa, é importante traçar suas metas principais. Se você quer trabalhar no exterior, se quer desenvolver determinados conhecimentos ou quer se dedicar a um produto ou problema específico, é preciso ter esse objetivo bastante claro.

Avalie suas potencialidades

É isso mesmo: você deve avaliar quais são seus pontos fracos e os fortes, pois fazendo isso, vai entender o que deve ser melhorado no caminho que você está pretendendo trilhar.

Trace estratégias

Você é capaz de chegar aos seus objetivos e conquistar suas metas com as qualificações que tem hoje? Pode ser que não, então é necessário ter em mente o que você precisa fazer. Talvez escolher uma boa faculdade para fazer uma pós-graduação na área em que quer atuar ou aprender um novo idioma, por exemplo.

Diferentes experiências são necessárias para cada perfil profissional, mas uma verdade sempre prevalece: o resultado jamais vai vir de graça. Você tem que trabalhar bastante para trazer os seus sonhos para a realidade.

Busque exemplos de sucesso

Pode ser muito motivador se espelhar nos profissionais que inspiram você. Eles podem ensinar muitas coisas importantes, uma vez que já trilharam um caminho bem-sucedido.

Visualize a sua jornada

Seja no velho e bom papel, seja no computador, você deve tomar nota de tudo. Lembre-se que o seu plano de carreira vai ser como um guia a ser seguido para que você chegue aos resultados. É fundamental que ele seja bem detalhado. Quando estiver pronto, é o momento de entrar em ação.

Como é o plano de carreira em Y?

Até poucas décadas, não existiam muitas opções de plano de carreira. As empresas contratavam os profissionais para determinada função e, não raramente, eles permaneciam nela até se aposentarem.

Já aqueles colaboradores que, ao longo do tempo, mostravam um perfil de liderança, poderiam ser promovidos a cargos gerenciais. Por fim, outra alternativa era desistir da vaga e começar a enfrentar novos desafios.

Atualmente, há outras maneiras de planejar a vida profissional: é o plano de carreira em Y é uma delas. Nele, o profissional pode escolher entre almejar um cargo de gerência ou ser especialista em uma área técnica.

O caminho a ser trilhado para áreas gerenciais é do plano de carreira mais convencional. Já as áreas técnicas têm mais possibilidades, incluindo a pesquisa de desenvolvimento de novos produtos e de soluções.

Muitas corporações incentivam o estudo contínuo, por meio de MBAs ou especializações, por exemplo. O plano de carreira em Y, antes de tudo, quebra o padrão linear antigo de crescimento profissional, no qual os colaboradores eram promovidos apenas a cargos gerenciais.

Ele, então, abre a possibilidade para que os técnicos que têm um alto conhecimento desenvolvam cada vez mais as suas potencialidades. O nome desse plano de carreira é uma alusão à famosa geração Y, que está sempre em busca de novos meios de ascensão profissional. Além disso, é importante destacar que o Y mostra a bifurcação, isso significa que o colaborador não está condicionado a seguir por um único caminho.

Como é o plano de carreira em W?

As estratégias de crescimento profissional evoluíram bastante com as transformações do mercado de trabalho, que foram geradas principalmente pelas mudanças no networking e pelo avanço da tecnologia. Dessa forma, um novo modelo de crescimento nas empresas foi criado: o plano de carreira em W.

O objetivo é possibilitar que um colaborador tenha liderança sem ter que deixar de lado suas especialidades. Um técnico também pode ocupar cargos de liderança. Assim, o plano de carreira em W traz muito mais flexibilidade para o empregador e para o empregado.

O profissional, portanto, pode administrar sua própria rotina, extraindo o melhor de cada membro da sua equipe. Vale lembrar que existem apenas dois caminhos a serem seguidos: a área gerencial ou a área técnica. Tais funções podem ser de alta, média ou baixa complexidade.

O que é o plano de carreira dentro de uma empresa? 

O plano de carreira dentro de uma corporação é o instrumento elaborado pelas empresas e que tem como objetivo projetar a trajetória dos seus funcionários. É criado pelos setores de Recursos Humanos e de Gestão de Pessoas, que o divide em funções e cargos, mostrando os objetivos que os colaboradores devem conquistar para progredir. 

É um instrumento que serve como um fator de motivação para os colaboradores mais antigos e para os novatos de uma empresa, uma vez que permite que estejam em movimento constante de progressão da carreira para mudar de status e alcançar um patamar mais elevado.

Se o seu plano de carreira for direcionado para a instituição que você trabalha atualmente, por exemplo, é fundamental que ele seja vantajoso tanto para a empresa em si, quanto para você, funcionário.

Para tanto, tal planejamento deve contemplar os interesses das duas partes de forma ética, resultando em um crescimento mútuo dentro do ambiente corporativo.

Em um mundo de relações de trabalho extremamente dinâmicas, com oscilações e tanta incertezas, a importância de um ótimo plano de carreira é ainda maior.

Essa ferramenta vai ser muito útil para você vislumbrar seus passos profissionais futuros, para moldar sua apresentação em entrevistas e, sobretudo, para direcionar melhor suas escolhas em novas vagas de trabalho e oportunidades.

Comece agora mesmo a criar o seu plano!

Gostou de saber mais sobre o plano de carreira? Aproveite que está por aqui e aprenda mais com nossos conteúdos! Saiba mais sobre marketing pessoal, também muito importante para seu sucesso profissional!

Você pode gostar também