O agronegócio tem participação importante no país. A agricultura e a pecuária correspondem à boa parte do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro. Dessa maneira, apostar no ramo pode ser uma ótima ideia. Você já pensou em cursar Agronomia?

O agrônomo é o responsável por todas as etapas da produção agropecuária. Técnicas de plantio, manejo do gado, industrialização dos produtos e várias outras são tarefas desse profissional. Curtiu a ideia de trabalhar nessa área? Então continue a leitura, pois, neste post, a gente trouxe informações importantes para você ingressar na carreira.

O que é Agronomia?

Para falar sobre Agronomia, temos que voltar um bom tempo. Nos primórdios da existência humana, os povos eram nômades porque viviam em função de buscar comida para eles e para seus animais. Eles colhiam os alimentos de uma área; quando a fartura acabava, se mudavam para um novo local onde tivesse o que comer.

E o que a Agronomia tem a ver com isso? Bom, quando o homem descobriu que poderia cultivar o seu próprio alimento, ele teve que desenvolver técnicas de plantio. A partir daí, podemos dizer que surgiu o princípio do que chamamos hoje de Agronomia.

Essa ciência estuda métodos para melhorar a produção de alimentos (humanos e animais) desde o campo até a indústria. Isso sem se esquecer de minimizar os impactos sociais e ambientais que a agropecuária pode causar.

É por meio dela que as soluções contra pragas que invadem as plantações, a otimização do pasto, o melhor tipo de irrigação para cada plantio e outras tantas técnicas foram descobertas e são empregadas.

Curso de Agronomia

Para ser um agrônomo, é necessário cursar ensino superior. O diploma é do tipo bacharelado e o curso dura, em média, cinco anos. Não pense que chegará à faculdade e já aprenderá sobre as técnicas de cultivo assim: logo de cara.

Nos primeiros semestres, as disciplinas são mais básicas, como Química, Biologia, Matemática, Estatística e, até mesmo, Informática. Ao longo dos períodos é que as matérias mais específicas são aplicadas. A seguir, confira algumas delas para ter uma noção:

  • Máquinas, Mecanização Agrícola e Logística;
  • Topografia e Cartografia;
  • Manejo e Conservação do Solo e da Água;
  • Agrometeorologia e Climatologia;
  • Ecologia Vegetal;
  • Economia e Administração Rural;
  • Topografia e Cartografia;
  • Georreferenciamento e Geoprocessamento;
  • Zootecnia e Fitotecnia;
  • Hidráulica, Hidrologia e Manejo de Bacias Hidrográficas;
  • Produção e Sanidade Vegetal e Animal.

Você gosta de colocar o pé na terra e sentir a brisa do campo? Então, espere até ter as atividades práticas, que são frequentes nesse curso e muito legais para quem curte. Como vimos, há matérias de Gestão e Administração também, além de aulas em laboratórios. Lembrando que o estágio e o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) são obrigatórios.

Agronomia: o que faz?

Um engenheiro agrônomo — como é chamado quem se formou em Agronomia — tem muitas atribuições. Engana-se quem acha que é uma profissão de poucas áreas de atuação. Dá para se reinventar e achar uma área que seja mais compatível com seus desejos. Olha só.

Administração rural

Trabalha com a administração das equipes e equipamentos, faz o planejamento de compra dos materiais e toda a parte de gestão de uma fazenda, por exemplo.

Defesa sanitária

Trabalha na prevenção e na solução de problemas que podem comprometer a saúde dos animais e das lavouras da propriedade.

Melhoramento genético

Atua melhorando geneticamente as espécies de plantas e animais para que sejam mais resistentes e tenham melhor produtividade.

Manejo ambiental

Trabalha na preservação do meio ambiente e na redução dos impactos causados pela agropecuária. Lida com sistemas de esgoto, descarte adequado dos resíduos, recuperação do solo, uso consciente de recursos naturais e outros.

Veja mais algumas áreas:

  • ensino e pesquisas;
  • zootecnia;
  • indústria e venda de alimentos;
  • infraestrutura, sistemas de irrigação etc.;
  • produtividade da safra;
  • silvicultura (reflorestamento e produção de madeira).

Agronomia: faculdades

Pelo Brasil, existem diversas faculdades de Agronomia, tanto públicas quanto privadas. As modalidades de ensino podem ser presenciais, semipresenciais e a distância. Antes de escolher em qual instituição de ensino particular estudar, é imprescindível saber se o curso tem reconhecimento do MEC (Ministério da Educação).

Sem esse certificado, o diploma não é válido, e seu esforço de 5 anos será em vão. Há também opções de curso parcial ou integral. Portanto é importante analisar qual é sua disponibilidade para realizar a graduação e levar isso em conta na hora de fazer a sua opção.

Agronomia EAD

Embora o curso de Agronomia tenha bastante atividades em campo e em laboratórios, é possível encontrar instituições que oferecem o ensino a distância. Dessa maneira, você pode estudar a parte teórica em casa ou em qualquer lugar conectado à internet e ir aos polos fazer as aulas práticas.

Essa é uma alternativa muito boa para quem não pode se locomover todos os dias para um local ou não tem muita flexibilidade nos horários. No entanto, é sempre bom lembrar que será necessário ir ao polo algumas vezes na semana.

trato agronomia

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para Agronomia é bem aquecido. Isso porque, como dissemos, grande parte dos produtos e bens produzidos no Brasil vem da agropecuária. Logo, são necessários muitos profissionais para preencher toda a demanda das mais diversas áreas da Agronomia.

Um setor que está muito em alta é o de biocombustíveis. Com a preocupação constante em substituir os combustíveis derivados de petróleo e gás natural, os engenheiros agrônomos podem atuar tanto na produção das matérias-primas para o produto, como nas lavouras, quanto na produção do biocombustível de fato.

Agronomia: salário 

Assim como todas as outras profissões, o salário de um agrônomo também varia conforme a região, a área de atuação e a experiência do profissional. Um recém-formado tende a ganhar menos do que alguém que já está há algum tempo no ramo.

Em média, podemos dizer que um engenheiro agrônomo ganha mil reais aqui no Brasil. Entretanto, esse valor pode chegar a 8 mil reais ou mais, dependendo dos fatores que mencionamos.

A Agronomia é uma área em constante crescimento em terras brasileiras, visto que a agropecuária é um dos principais produtos do país, inclusive de exportação. Dessa forma, quem pretende seguir a profissão de agrônomo encontra muitas oportunidades de trabalho e de sucesso na carreira.

Ainda não sabe qual curso fazer? Precisa de mais uma ajudinha para escolher sua profissão? Então confira nosso guia sobre teste vocacional que pode te ajudar em sua decisão!

Você pode gostar também