Muito além de vender uma imagem, o marketing tem sido amplamente utilizado para engajar o público de determinada empresa, marca ou pessoa. As ações captam e fidelizam clientes e, assim, é claro, vendem. Presente em todos os setores da economia, a profissão está em alta no momento, principalmente em função da internet. E você, sabe o que é marketing?

É o que vamos explicar neste post! Venha com a gente e veja como o marketing alçou voos rumo a campos pouco explorados no passado.

O que é marketing?

O marketing é uma ciência que cria e estuda estratégias de atração de clientes, converte e os retêm. É também uma arte que explora e entrega valores com o objetivo de satisfazer às necessidades do público-alvo ou personas de uma determinada empresa, marca ou pessoa.

As ações identificam necessidades e desejos não realizados e planeja campanhas estratégicas com o foco nos objetivos preestabelecidos.

Para dominar o marketing, o profissional deve entender o mercado e os hábitos de consumo das pessoas, ou seja, as mudanças são rotineiras, tendo em vista que a sociedade está em um processo efervescente de modificações em seu dia a dia, principalmente devido às tecnologias e transformações sociais.

Assim, as campanhas visam aumentar a lucratividade e também a presença de mercado por meio de ações que chamem a atenção do público, além de criar valor.

Tudo resultado de um conjunto de conhecimentos que vão além do que a simples venda de um produto. É preciso estudar os comportamentos, analisar dados, criar estratégias, canais e metodologias que tragam resultados, tanto de gerenciamento quanto de relacionamento.

O que é o marketing digital?

Enquanto o marketing tradicional direciona as ações em campanhas em outdoors, jornais impressos, rádio, TV, entre outros meios de comunicação, o digital executa campanhas e estratégias online.

O objetivo é exatamente atrair novos negócios, estreitando o relacionamento das empresas, marcas e prestadores de serviços com seus clientes, criando engajamento por meio da interação e produção de conteúdo, sejam eles escritos,audiovisuais, sejam em áudios (podcasts).

Dessa maneira, o marketing digital é a promoção de produtos e serviços por meio da internet, explorando os diferentes tipos de canais de comunicação existentes, como blogs, sites, mídias sociais, e-mail, motores de busca etc.

Dentro desse contexto, existem várias técnicas que influenciam a experiência do usuário. Entre elas, podemos citar oSEO (maneiras de destacar conteúdos nos motores de busca, por meio de palavras-chave e outras ferramentas na estrutura das mensagens), escaneabilidade, geração de leads, publicidade, entre outras.

Todos os resultados são avaliados rotineiramente por meio de métricas, utilizando os dados para auxiliar nas tomadas de decisões, ou seja, as campanhas são bem mais rápidas e podem mudar de um dia para o outro em razão de algum acontecimento.

Exemplo disso, é a crise instalada em função da Covid-19. Todas as empresas, marcas e prestadores de serviços tiveram que concentrar as suas divulgações com o tema em evidência em razão das alterações ocorridas no dia a dia da população.

O que é o inbound marketing?

Inbound marketing é um termo surgido nos Estados Unidos no fim do século XX, tendo como seu principal disseminador Brian Halligan, cofundador da empresa Hubspot. É uma área do marketing que visa atrair, converter e encantar os consumidores por meio do conteúdo.

Também é conhecido como marketing de atração e faz uma conexão bem mais próxima com o público-alvo, utilizandoas técnicas de marketing de conteúdo, SEO e estratégias em redes sociais.

Basicamente, o inbound marketing pode ser entendido como estratégias que focam no compartilhamento de conteúdos pelo público-alvo, abrindo um relacionamento com os consumidores em potencial.

Assim, os clientes ficam atraídos pelas empresas, marcas ou prestadores de serviços em razão da mensagem produzida, sempre com soluções que ajudem nos problemas do dia a dia, ou seja, fica bem mais fácil captar clientes, fidelizando-os e até fazendo com que se tornem propagadores de quem produziu o conteúdo.

O que é trade marketing?

O trade marketing é uma operação feita pela indústria de consumo que visa aumentar as vendas, otimizando os canais de distribuição.

Assim, é entendido pelas promoções, mix de produtos, canais de vendas, preços, share, tendo como foco o B2B (business to business).

Resumidamente, trata-se de uma análise dos hábitos de consumo e preferências dos clientes, obtendo informações para criar estratégias dentro de cada mídia.

O objetivo é conseguir planejamento e distribuição de um determinado produto que chegue rápido às gôndolas ou à casa dos consumidores, como fazem os promotores conhecidos como shoppers nos supermercados. Eles escolhem, embalam e entregam as mercadorias, além de realizar as divulgações.

O que é marketing multinível?

Sabe as pessoas que vendem produtos Hinode ou Mary Kay? Elas são o melhor exemplo do marketing multinível. É uma rede de vendas (networking) que se baseia na participação dos lucros.

Dessa forma, os ganhos podem vir tanto das vendas diretas quanto por meio do recrutamento de novos vendedores.

O modelo foi criado na década de 1940, nos Estados Unidos, e auxilia no ganho por meio de comissões, incentivando os revendedores a atraírem novos distribuidores para uma empresa.

O que é marketing de relacionamento?

O marketing de relacionamento visa a fidelização dos clientes. Para isso, estratégias são desenvolvidas para aproximar a empresa dos fornecedores, colaboradores e clientes.

Assim, são oferecidos benefícios, como cartões de fidelidade, com o objetivo de manter o consumidor sempre por perto. E também campanhas que aproximem a empresa ou marca do dia a dia dos clientes potenciais.

Para isso, é preciso conhecer o público-alvo, suas preferências de consumo, com o objetivo de segmentar as ações, incentivando o retorno.

O que é marketing de conteúdo?

Marketing de conteúdo, como o próprio nome diz, é um conjunto de estratégias que visam atrair clientes por meio da mensagem trazendo soluções para as dores da persona.

Sendo assim, cada empresa define o perfil do consumidor em potencial (persona), traçando hábitos de consumo, hobby, profissão, idade, entre outras informações que conduzirão na elaboração dos conteúdos.

Os problemas que a persona quer resolver também são evidenciados, fazendo com que ela fique atraída pelos conteúdos que tocam justamente suas principais dúvidas.

Dessa maneira, a empresa consegue mais visibilidade na web, fortalece a marca, educa e engaja o público-alvo.

O profissional de marketing

Além dos tópicos abordados neste post, existem muitos outros segmentos que podem ser explorados pelos profissionais de marketing, ou seja, a área é extremamente ampla e está em alta no momento. Você podecursar Publicidade e Propaganda ou Marketingagoramesmo!

Para se tornar um profissional de sucesso, você deve ter um perfil comunicativo, ser criativo, gostar de ler, ter domínio dos softwares de criação, entender tudo sobre internet, métricas, idiomas e muita flexibilidade.

A profissão exige ainda muita dedicação, pois você terá que satisfazer as necessidades dos clientes, ou seja, cada pessoa ou empresa deseja uma coisa diferente. Assim, é preciso ter muito jogo de cintura e resiliência para suportar pressões e mudanças rápidas impostas pelo mercado.

No mais, sabendo o que é marketing e sempre se manter atualizado, certamente essa será uma excelente escolha profissional, principalmente na atual era em que a imagem e os conteúdos estão ditando as regras.

Gostou da profissão de marketing ou ainda está na dúvida? Aproveite e veja como um teste vocacional pode ajudar em sua escolha!

Você pode gostar também