Responda às seguintes perguntas: você gosta de ler? Interage com seus amigos e gosta de se comunicar? Se preocupa com as questões sociais e está sempre refletindo sobre as leis existentes no Brasil? É fã das matérias de Humanas?

Essas são algumas questões que fazem parte do teste vocacional de Direito. Se você respondeu sim em todas já é um bom começo para ingressar nesse curso. Mas é preciso ir além, conhecendo os detalhes da profissão e as possibilidades do mercado de trabalho.

Por isso, elaboramos este post pensando exatamente em auxiliar você nessa busca por uma profissão totalmente sintonizada com o seu jeito de ser. Quer fazer a escolha certa? Então venha nessa com a gente!

Teste vocacional: Direito

A dúvida é uma companheira inseparável dos jovens no momento de escolherem a graduação. Fazer uma escolha adequada de acordo com seu perfil e habilidades é extremamente importante porque vai trazer prazer não somente ao longo dos quatro anos da graduação como também na prática da profissão.

Com isso em mente, o teste vocacional Direito é excelente para quem está pensando em se tornar advogado ou seguir a carreira pública em alguma função no Judiciário ou como Delegado.

A primeira dica para você saber se tem o perfil profissional necessário para se sair bem no Direito está exatamente no seu gosto pelas disciplinas. Quem prefere História, Geografia, Português e Redação no lugar das matérias de Exatas já tem um bom indicador.

Afinal, Direito faz parte de Humanas, área voltada para quem gosta de ler e tem o dom da argumentação, principalmente no caso dessa profissão específica.

Portanto, analise se você gosta de fazer argumentações, como na hora de apresentar um projeto ou conciliar um debate. Geralmente, estudantes que se envolvem em trabalhos voluntários, em projetos sociais, que estão sintonizados com a responsabilidade social e que gostam de acompanhar os debates políticos estão no caminho da profissão.

A profissão exige boa comunicação e flexibilidade para entender leis, encontrando meios que possam ser úteis para defender os clientes, ou seja, além de gostar muito de ler é preciso gostar de pessoas.

Senso crítico e de justiça também são fundamentais na personalidade de quem está mais voltado ao Direito.

Outra dica é observar que notícias mais chamam a atenção no dia a dia. Geralmente, quem é de Humanas e tem um lado mais voltado ao Direito gosta de ler sobre cotidiano, política e análises, como artigos opinativos e editoriais.

teste vocacional direito

Veja como o autoconhecimento pode ser útil

Dentro dessa análise de si mesmo, o autoconhecimento é fundamental para você fazer a escolha certa.Procure refletir sobre as suas preferências, do lazer ao estudo, passando pelos hobbies e até mesmo temas das conversas entre familiares e amigos.

O teste vocacional é muito importante nesse processo, pois ajuda a melhorar a visão sobre quem você é e as suas principais características como ser humano. É um exercício que evita frustrações e ajuda na busca pelo sucesso profissional e pessoal.

Sendo assim, vale a pena investir tempo para se conhecer melhor. E há outras dicas, como os tipos de filme que atraem, observe se você é objetivo e prático etc.

Habilidades e competências da profissão

Todas as profissões exigem competências e habilidades específicas e com o Direito não é diferente. Com elas, frequentemente lapidadas ao longo dos anos, os profissionais conseguem se desenvolver mais, ganhando experiência e sucesso nas ações.

Como o profissional dessa área terá pela frente processos, leis, decisões e pareceres, a leitura dinâmica é essencial. Isso porque o dia a dia exige atenção aos detalhes e também análise dos casos, ou seja, se algum aspecto de determinado processo for deixado de lado ou esquecido, pode ocorrer um comprometimento sério na vida do cliente.

Assim, a leitura também precisa vir acompanhada do foco e da concentração. Podemos citar ainda o raciocínio lógico e boa comunicação, principalmente na oratória, redação, negociação, argumentação e conquista do júri. Além dessas, veja outras que fazem parte do dia a dia do profissional de Direito.

Memorização

A memorização é fundamental na prática da profissão pelo fato de o advogado necessitar dela no momento da realização do primeiro e principal teste que vai permitir a obtenção do registro profissional por meio do exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Além disso, há os concursos públicos e também o dia a dia que necessita de conhecimento apurado das leis, sempre contando com o auxílio da tecnologia nas buscas.

No entanto, a memorização será um diferencial no momento de o profissional apresentar os argumentos no tribunal do júri.

Inteligência emocional

O profissional de Direito também necessita ter uma personalidade racional, mas a inteligência emocional ajuda muito, pois haverá vitórias e derrotas, aspectos que mexem com a emoção.

Além disso, o controle emocional evita o estresse tão comum na profissão assim como na resolução dos conflitos.

O perfil do advogado

Como já mencionamos ao longo deste post, o perfil do advogado é de uma pessoa crítica, que gosta de ler, é racional, é analítico, e tem facilidade na comunicação, interpretação de textos e também na condução de argumentostanto escritos quanto falados.

O profissional precisa gostar de pessoas, de leis, além do setor em que vai se especializar. Afinal, o advogado pode atuar em diversas áreas, como penal, civil, trabalhista, tributária, previdenciária, auditorias etc.

Dessa maneira, é uma profissão bem eclética e com várias possibilidades de atuação no mercado de trabalho. O teste vocacional de Direito é um excelente começo para você acertar na escolha da profissão.

A carreira do profissional

Para atuar como advogado, após o término da faculdade de quatro anos, você terá que passar no exame da OAB para obter o registro profissional. A única forma de atuação sem o registro é por meio da aprovação em determinados concursos públicos, como de Delegado de Polícia.

Além disso, quem forma na área pode dar continuidade à carreira jurídica, fazendo pós-graduação, mestrado e doutorado. Aí é possível se tornar um jurista (pesquisador da área), além de professor universitário.

A carreira pública em Direito é a mais vantajosa e também a mais concorrida, pois oferece os melhores salários e estabilidade. São inúmeras funções, como promotor, juiz, assistente da Promotoria, Tribunal de Justiça etc.

Onde estudar Direito?

O curso de Direito existe em inúmeras instituições de ensino espalhadas pelo Brasil e é um dos cursos mais procurados no país. Veja algumas opções:

  • Universidade de São Paulo;
  • Centro Educacional Anhanguera;
  • Universidade de Brasília;
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro;
  • Pontifícia Universidade Católica de São Paulo;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul;
  • Mackenzie;
  • Faculdade Pitágoras;
  • entre outras.

Como você analisou ao longo deste post, o teste vocacional de Direito é o princípio para uma boa escolha. Portanto, não deixe de investir no autoconhecimento para acertar o rumo de sua carreira.

E aí, gostou das dicas? Então aproveite e veja também no Blog da Orientu quanto ganha um advogado!

Você pode gostar também