Todas as evoluções tecnológicas existentes no mundo foram incapazes de curar as dores emocionais e existenciais dos seres humanos. Inclusive, até influenciaram o aumento de casos de ansiedade, isolamento social, depressão e outros problemas. E é exatamente nesse teste vocacional Psicologia que você saberá se tem as características para se transformar em um profissional que tem a função de ajudar as pessoas a viver melhor, entendendo suas aflições.

De olho em sua escolha correta, elaboramos este post com informações imperdíveis sobre a Psicologia. Será que você tem o perfil dessa área? Continue lendo e analise o seu eu — como um bom psicólogo faz!

Teste vocacional: Psicologia

Apesar de focar na saúde do ser humano, a Psicologia é um curso que faz parte da área de Humanas. Portanto, a primeira dica para saber se você tem afinidade com essa profissão é ser sensível aos problemas enfrentados pelas pessoas, principalmente os emocionais.

Além de gostar de ler e ser motivado por disciplinas que inspiram reflexões, como Filosofia, Sociologia, História e Antropologia, o estudante que pretende fazer Psicologia precisa gostar de ouvir as pessoas.

Outra dica importante é observar se você tem facilidade de argumentação assim como de reflexão. Afinal, psicólogos precisam analisar com muito cuidado cada situação, destinando as orientações corretas para ajudar quem está enfrentando dificuldades.

Por isso, a empatia é outra qualidade que faz parte do dia a dia desse profissional.Afinal, é preciso se colocar no lugar do outro para compreender os abalos emocionais.

Geralmente, estudantes que estão sempre se reunindo com os amigos para ouvi-los e ajudá-los de alguma forma estão dentro do teste vocacional de Psicologia. Mente aberta também é fundamental!

Habilidades e competências da profissão

Além dos fatores que já citamos, é importante o jovem ser livre de preconceitos. Isso porque é uma profissão que não combina com julgamentos. Afinal, as demandas que chegarão às terapias serão variadas: de medo de dirigir a situações de pessoas que são dependentes químicas.

Ou seja, os atendimentos são diferentes. Portanto, é preciso evitar as ideias preconcebidas assim como ruídos na comunicação que possam afetar negativamente o processo de ajuda.

Outra habilidade fundamental na profissão é a busca constante pelo autoconhecimento. Como o psicólogo vai ajudar outras pessoas a se conhecerem melhor, ele precisa ser exemplo. Portanto, invista nisso.

A pluralidade cultural também é essencial tão quanto a constante atualização. Leituras são imprescindíveis. Isso porque a profissão estuda os fenômenos comportamentais que estão sempre sofrendo mudanças na sociedade.

Saber destinar as melhores orientações, inclusive em testes vocacionais, exige preparação teórica e prática, ou seja, Psicologia é uma área que necessita de pessoas dedicadas e disciplinadas.

leitura teste vocacional psicologia

Quem atua como psicólogo tem um perfil bem analítico, com visão crítica, pensamento aberto e com os sentimentos aflorados. Lógico, sempre com equilíbrio emocional para não se abalar com os problemas dos pacientes.

Como atua com os mistérios da mente, tem que ser uma pessoa que gosta de estudar, ler e sempre aprender algo novo, mesmo após o término da faculdade. A busca pelo conhecimento deve ser contínua.

De maneira geral, os profissionais dessa área são pessoas que alimentam os valores humanos, que se empenham em causas sociais e que são apaixonadas pelo ser humano. Afinal, ao longo da prática da Psicologia, você sempre estará em contato com alguém, seja presencialmente ou online.

Além disso, o perfil é de pessoas que gostam de trabalhar em equipe, pois vários atendimentos necessitam de abordagens multidisciplinares. É preciso ainda ser sincero e persuasivo.

A carreira do profissional

Se o seu teste vocacional para Psicologia for favorável, haverá um leque de oportunidades pela frente. A profissão tem várias vertentes e áreas diferenciadas de atuação.

Você pode atuar em empresas de Recursos Humanos, na seleção de novos colaboradores, assim como em escolas. Há a parte clínica, de testes vocacionais, Psicologia do trânsito, Justiça, além do atendimento particular para casos variados.

Há quem se especialize em terapias de casais, de adolescentes, Psicopedagogia ou no atendimento a dependentes químicos que estão na luta para se livrar dos vícios.

A Psicologia tem vagas ainda no esporte, principalmente em clubes que têm equipes de alto rendimento. Afinal, os atletas sofrem várias pressões e precisam de uma orientação profissional para não se perderem.

De acordo com o Conselho Federal de Psicologia, existem 13 especialidades devidamente regulamentadas da profissão:

  • Psicologia Escolar/Educacional;
  • Psicologia Organizacional e do Trabalho;
  • Psicologia de Trânsito;
  • Psicologia Jurídica;
  • Psicologia do Esporte;
  • Psicologia Clínica;
  • Psicologia Hospitalar;
  • Psicopedagogia;
  • Psicomotricidade;
  • Psicologia Social;
  • Neuropsicologia;
  • Psicologia em Saúde;
  • Avaliação Psicológica.

Portanto, a carreira é ampla, com uma média salarial que gira em torno de R$ 3.200. Há ainda os concursos públicos abertos nas prefeituras, nos estados e em instituições federais voltados aos psicólogos, com salários bem atrativos, geralmente acima dos R$ 7.000.

Onde estudar Psicologia?

Inúmeras faculdades oferecem o curso de Psicologia. É uma formação em nível bacharelado com cinco anos de aulas teóricas e práticas. As disciplinas analisam desde a origem desse ramo até os meios de atendimento e abordagens existentes, apresentando os métodos de avaliação e diagnóstico.

Abaixo seguem algumas disciplinas que você certamente terá pela frente no ensino superior:

  • Análise Experimental do Comportamento;
  • Teoria e Método de Intervenção;
  • Personalidade;
  • Teorias e Técnicas Psicoterápicas;
  • Psicologia e Saúde Coletiva;
  • Psicofarmacologia;
  • Psicologia Jurídica e Forense;
  • Psicologia e Educação;
  • Saúde e Qualidade de Vida no Ambiente Laboral;
  • Psicopatologia.
  • Abordagem Sistêmica das Organizações.
  • Avaliação Psicológica.
  • Sexologia;
  • Ética.
  • História das Ideias Psicológicas.
  • Metodologia de Pesquisa.
  • Neuropsicologia.
  • Pessoas com Deficiência.
  • Psicanálise.

Para estudar, o que não faltam são opções. Há vagas em instituições particulares e públicas, sendo que a maioria aceita a nota do Enem como meio de ingresso via Sisu. Observe algumas:

  • Universidade Federal de Viçosa;
  • Universidade de São Paulo;
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro;
  • Centro Educacional Anhanguera;
  • Pontifícia Universidade Católica de São Paulo;
  • Universidade de Brasília;
  • Universidade Estadual Paulista;
  • Universidade Federal Fluminense.

Assim, caso você esteja sintonizado com o teste vocacional Psicologia, aproveite para se concentrar no estudo antes do Enem e demais vestibulares, mantendo o foco e concentração. E sucesso!

Gostou do nosso post? Leu até aqui, mas ainda está na dúvida de qual profissão seguir? Então veja nosso conteúdo sobre teste vocacional e tenha mais certeza na escolha!

Você pode gostar também